Análise retórica em Manoel Dias de Oliveira: exemplos de figuras retórico-musicais

Eliel Almeida Soares, Diósnio Machado Neto

Resumo


Ao enunciar seu discurso o orador serve-se da retórica para fundamentar sua tese, cujo propósito visa convencer e atrair a atenção do público, evidenciando, desse modo, sua habilidade em empregar a linguagem para mover os afetos dos ouvintes. Assim como os mestres da oratória, muitos compositores do barroco e primórdios do classicismo tanto na Europa quanto no Brasil colonial, encontraram na arte da eloquência o embasamento necessário para que suas obras fossem expostas com consistência, segurança e eficácia. Por esse motivo, o presente artigo expõe o pensamento musical de Manoel Dias de Oliveira através da utilização de figuras retóricas em suas composições. Para tanto, utilizamos como metodologia ferramentas analíticas necessárias à compreensão da linguagem retórica do autor a serviço da eloquência e persuasão tais como: análises de figuras retórico-musicais associadas ao texto sacro, harmonia e distribuição do discurso musical. Mesmo a pesquisa estando em estágio inicial, obtiveram-se alguns resultados os quais serão apresentados ao longo do trabalho.


Palavras-chave


Análise; Figuras Retóricas; Manoel Dias de Oliveira; Música Colonial Brasileira

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5965/1808312909122014090



Direitos autorais 2014 Eliel Almeida Soares, Diósnio Machado Neto

URL da licença: https://creativecommons.org/licenses/by/4.0/

Indexadores, diretórios e bases de dados

                   


Revista DAPesquisa - Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC - Centro de Artes - CEART

Endereço: Av. Madre Benvenuta, 1907 - Itacorubi - Florianópolis - SC - CEP: 88035-001

Email: dapesquisa@gmail.com       

ISSN 1808-3129

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 Software de verificação de originalidade e prevenção de plágio