A coleção como acontecimento

Marina Rieck Borck, Sandra Mackowiecky

Resumo


Este artigo pretende tratar do acervo de pinturas pertencente aos escritores Salim Miguel e Eglê, constituído naturalmente ao longo da vida, dos contatos, das trocas, das contingências e das escolhas feitas pelos donos da coleção. Interessa pensar uma galeria de imagens colhidas ao longo do percurso artístico-literário de pessoas que contribuíram ativamente para a implementação do chamado Movimento Moderno na capital de Santa Catarina.

Palavras-chave


academicismo e modernismo; acervo afetivo; Santa Catarina; sensibilidades e percepções.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5965/1808312904062009199



Direitos autorais 2009 Marina Rieck Borck, Sandra Mackowiecky

URL da licença: https://creativecommons.org/licenses/by/4.0/

Indexadores, diretórios e bases de dados

                   


Revista DAPesquisa - Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC - Centro de Artes - CEART

Endereço: Av. Madre Benvenuta, 1907 - Itacorubi - Florianópolis - SC - CEP: 88035-001

Email: dapesquisa@gmail.com       

ISSN 1808-3129

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.

 Software de verificação de originalidade e prevenção de plágio