Possível diálogo entre o teatro de mamulengo e o teatro de revista

Alex de Souza

Resumo


O presente artigo propõe-se a evidenciar elementos estruturais do Teatro de Revista brasileiro e do Teatro de Bonecos Popular brasileiro, como Cassimiro Côco, João Redondo, Babau e principalmente o Mamulengo, criando um diálogo alegórico entre os gêneros teatrais a fim de verificar quais os pontos convergentes e divergentes entre os mesmos. Partindo da comparação entre estruturas funcionais, analisam-se as origens, as áreas de atuação e seus contextos sócio-culturais e uma função cênica em comum – a do Compère / Mateus – entre as linguagens. Sendo estas manifestações artísticas absolutamente distintas, não se busca encontrar pontos em comum com a finalidade de ligá-las uma à outra, pois certamente esta ligação nunca existiu de fato. Contudo, o diálogo imaginário proposto entre alegorias que representariam estas manifestações instiga a conhecer um pouco mais algumas características que curiosamente se cruzam.


Palavras-chave


teatro de revista brasileiro; teatro de bonecos popular brasileiro; teatro de mamulengo

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.5965/1808312905072010016



Direitos autorais 2010 Alex de Souza

URL da licença: https://creativecommons.org/licenses/by/4.0/

Indexadores, diretórios e bases de dados

                   


Revista DAPesquisa - Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC - Centro de Artes - CEART

Endereço: Av. Madre Benvenuta, 1907 - Itacorubi - Florianópolis - SC - CEP: 88035-001

Email: dapesquisa@gmail.com       

ISSN 1808-3129

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição 4.0 Internacional.