O conhecimento didático do professor (de Matemática)

Floriano Augusto Viseu

Resumo


A complexidade com que se reveste a prática letiva faz com que o conhecimento profissional do professor seja uma temática que tem despertado a atenção da investigação do âmbito da educação matemática. Para o interesse desta temática muito contribuiu o trabalho de Shulman. Ao verificar que a investigação sobre o conhecimento do professor dava mais realce aos aspetos pedagógicos gerais do que ao conhecimento específico para ensinar, este autor caracterizou o conhecimento do professor segundo vários domínios. Desses domínios, Shulman destaca o conhecimento pedagógico do conteúdo, que traduz a capacidade do professor de fazer com que os alunos compreendam os conteúdos matemáticos. Vários estudos debruçaram-se sobre este tipo de conhecimento do professor. Desses estudos, alguns autores apresentam críticas à noção que Shulman dá ao conhecimento pedagógico do conteúdo, mais declarativo do que orientado para a prática, procurando elaborar modelos que integrassem outros elementos para além do conhecimento do conteúdo e do conhecimento pedagógico, o que dão origem ao conhecimento didático do professor. Tendo como referência alguns desses modelos, emergem algumas questões, tais como: Qual é a natureza do conhecimento didático? Quais são os seus conteúdos? Como o promover? Trata-se de questões que, numa sociedade caracterizada pelas tecnologias de comunicação e informação, desafiam as instituições de formação de professores, as escolas e os próprios professores a repensar os modelos de ensino e de formação em prol de um maior envolvimento do aluno na construção do seu conhecimento.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.