Desafios para a próxima década nas pesquisas e práticas sobre Ensino de Ciências

Ivani Teresinha Lawall

Resumo


A discussão inicial desta mesa foi proposta pelo professor Dr. José Francisco Custódio representando a UFSC com o título: Tensões entre formação inicial, práticas didáticas e desenvolvimento profissional: o desafio da qualidade motivacional no ensino de ciências, examinando algumas tensões presentes, enfatizando a relação entre as escolha da carreira científica; formação inicial; e desenvolvimento profissional todas versus as práticas didáticas. Na qual foi apresentado a relação da linha comum entre estas tensões para desenvolver o tema da qualidade motivacional do educador e educando no Ensino de Ciências/Física. Na sequência a apresentação do professor Dr. Sergio Camargo da UFPR, apresentando as Reflexões sobre questões relacionadas a pós-graduação, discutindo as questões referentes as pesquisas, no processo de ensino, como e por que realiza-las, em relação aos problemas de pesquisa com relação às revisões bibliográficas e aos referenciais teóricos, também discutindo a questão de “para que ensinar Ciências?” e “para quem ensinar Ciências?” Culminando com a questão de que as discussões de pesquisa nos cursos de pós-graduação devem ser levadas para a sala de aula. Seguida da apresentação da professora Dra. Maria da Graça Moraes Braga Martin com o título, Contribuições da teoria histórico-cultural no ensino de ciências, que faz a discussão sobre o movimento de apropriação do conhecimento, por meio da Pedagogia-Histórico Crítica (PHC) onde o ser humano utiliza os conhecimentos científicos para compreender a realidade em que se situa e nela atuar de forma crítica e transformadora. A partir de perfil conceitual criar modelos diferentes de ver e conceitualizar o mundo. Finalizando com a apresentação do professor Dr. Luiz Clement que apresenta os Aspectos para reflexão: pesquisas e práticas no ensino de ciências/física, discutindo que a produção teórico-conceitual na área versus prática didático-pedagógica, mostrando o hiato que existe entre a pesquisa e a prática pedagógica de como ensinar e como aprender; o papel/importância dos aspectos motivacionais no processo de ensino-aprendizagem, discutindo o que é motivação e como promovê-la em sala de aula; e finalizando com ensinar para além das paredes escolares. 

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.