Educampo e Educação Matemática: ressignificando experiências

Bruna Lara Moreira Zottis, Siméia Tussi Jacques, Graziela Franceschet Farias, Liane Teresinha Wendling Roos

Resumo


Resumo
Ao refletir acerca da interrelação entre a Educação do Campo e a Educação Matemática, surgiu a necessidade da construção dessa oficina que tem como principal objetivo oferecer um espaço para reflexões sobre a articulação entre Educação Matemática e Educação do Campo com base em princípios que buscam conhecer e reconhecer o papel sociopolítico do ensino da Matemática na construção da cidadania de estudantes no contexto das escolas do campo. Assim, com vistas a problematizar e dinamizar ações formativas olhando para essa articulação tem-se o propósito de considerar o binômio entre os conteúdos universais e locais a partir dessas ações. Objetivou-se, portanto, ultrapassar a análise tênue de discursos que apenas destacam a necessidade de trazer o conhecimento do estudante para a sala de aula à medida que se propõe a politização do ensino de Matemática de modo a convergir para a proposta de priorizar o diálogo dos saberes escolares com a cultura, com o modo de vida do campo e suas atividades produtivas.


Palavras-chave: Educação do Campo. Educação Matemática. Ressignificação de experiências.
Linha Temática: Educação Matemática.


Texto completo:

PDF

Referências


BRASIL. Secretaria de Educação Básica. Diretoria de Apoio à Gestão Educacional. Pacto

Nacional pela Alfabetização na Idade Certa: currículo no ciclo de alfabetização: perspectiva

para uma educação do campo. Brasília, DF: MEC, SEB, 2012b.

CALDART, Roseli Salete; FERNANDES, Bernard M.&CERIOLI, Paulo R. Primeira

Conferência Nacional “Por Uma Educação do Campo”: texto preparatório. In: ARROYO,

Miguel G.,CALDART, Rosely Salete 7 MOLINA, Mônica C.(orgs).Por uma educação do

campo. Petropólis: Ed.Vozes, 2004.

DUARTE, Claudia Glavam. Interlocuções entre a Educação do Campo e a

Etnomatemática. Em Teia, São Paulo, vol. 5, n.1, p.1-13, 2014

FARIA, A. R. et al. O eixo educação do campo como ferramenta de diálogo entre saberes

e docência. In: ROCHA, A. M. I.; MARTINS, A. A. Educação do Campo: desafios para a

formação de Professores. Belo Horizonte: Autêntica, 2009.

FARIAS, Graziela Franceschet Farias. Territórios docentes: as significações sociais

imaginárias no contexto de projetos de Educação do Campo. 2014. p. 182. Tese

(Doutorado em Educação) – Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria, RS,

FERNANDES, Bernardo. Os campos da pesquisa em educação do campo; espaço e

território como categorias essenciais. In: MOLINA, M.(org).Brasil. Ministério do

Desenvolvimento Agrário. Educação do campo e pesquisa: Questões para reflexão.

Brasília: Ministério do Desenvolvimento Agrário, p.27-39, 2006.

GATTI, Bernadete Angelina. Formação de Professores e Carreira: Problemas e

Movimentos de Renovação. Campinas, São Paulo: Autores Associados, 2000. (Coleção

Formação de Professores).

ROCHA, A. M. I.; MARTINS, A. A. Formar docentes para a Educação do campo: desafio

para os movimentos sociais e para a universidade. In: ROCHA, Antunes Maria Isabel;

MARTINS, A. A. Educação do Campo: desafios para a formação de professores. Belo

Horizonte: Autêntica, 2009.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.