Prática de Ensino de Matemática e o uso de tecnologias digitais: articulação entre teoria e prática

Ivanete Fátima Blauth, Suely Scherer

Resumo


Este artigo apresenta alguns resultados de uma pesquisa em andamento e tem como objetivo analisar, pelas falas de professores entrevistados, articulações entre teoria e prática em uma disciplina de Prática de Ensino que foca no estudo do uso de tecnologias digitais em aulas de matemática. Foram entrevistados para esta pesquisa 27 professores egressos de um curso de Licenciatura em Matemática, que realizaram a disciplina no período de 2010 a 2015. Os entrevistados consideraram que nessa disciplina puderam estudar teorias para o uso de tecnologias digitais, conhecer vários softwares e applets, pensar e estudar possibilidades de uso de tecnologias digitais para aulas de Matemática. Esses conhecimentos foram usados em ações práticas como planejamentos de aulas. Conhecimentos esses que também podem ser (re)construídos para suas práticas pedagógicas como professores de matemática.


Texto completo:

PDF

Referências


BECKER, Fernando. Educação e construção de conhecimento. 2ª Ed. Porto Alegre: Penso, 2012.

BRASIL. Diretrizes Curriculares Nacionais para os Cursos de Matemática, Bacharelado e Licenciatura. 2002. Disponível em . Acesso em 10 de mar. de 2016.

BRASIL. Resolução CNE/CES 3, de 18 de fevereiro de 2003. Disponível em . Acesso em 10 de mar. de 2016.

CRESCENTI, Eliane Portalone. A formação inicial do professor de matemática: aprendizagem da Geometria e atuação docente. Práxis Educativa, Ponta Grossa, PR, v. 3, n. 1, p. 81 - 94, jan.-jun. 2008. Disponível em . Acesso em 16 de abril de 2016.

DANTAS, Aleksandre Saraiva. A formação inicial do professor para o uso das tecnologias de comunicação e informação. 2005. Disponível em . Acesso em 02 de jul. de 2016.

GATTI, Bernardete A. NUNES, Marina Muniz Rossa. Formação de professores para o ensino fundamental: estudo de currículos das licenciaturas em Pedagogia, Língua Português, Matemática e Ciências Biológicas. Textos FCC, São Paulo, v. 29, 2009.

GATTI, Bernardete A. A formação inicial de professores para a educação básica: as licenciaturas. Revista USP. São Paulo. Nº 100, p.33-46. Dez./jan./fev. 2013-2014.

MISHRA, Punya; KOEHLER, Matthew J. Technological Pedagogical Content Knowledge: A Framework for Teacher Knowledge. Teachers College Record, Volume 108, Number 6, June 2006, pp. 1017–1054.

NOGUEIRA, Clélia Maria Ignatius. A formação de professores que ensinam matemática e os conteúdos escolares: uma reflexão sustentada na epistemologia genética. Revista Eletrônica de Psicologia e Epistemologia Genéticas. Volume 05. Edição Especial. Set/2013. Disponível em . Acesso em 15 de set. de 2015.

PIMENTA, Selma Garrido. Formação de professores: identidade e saberes da docência. In: PIMENTA, Selma Garrido (org.). Saberes pedagógicos e atividade docente. São Paulo: Editora Cortez, 1999.

VALENTE, José Armando. Formação de professores: Diferentes abordagens pedagógicas In: VALENTE, José Armando (Org.). O computador na sociedade do conhecimento. Campinas, SP: UNICAMP/NIED,1999.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.