A construção coletiva de um “espaço” de aprendizagem em um Clube de Ciências

Nando Matheus Rocha, Elias João Melo, Daniela Tomio

Resumo


Relatamos uma experiência prática realizada no contexto de uma escola pública com o objetivo de elucidar o processo de construção coletiva do espaço (físico) de aprender de um Clube de Ciências, evidenciando as percepções dos estudantes/clubistas envolvidos. Para tal, organizamos duas seções, na primeira descrevemos o processo coletivo de construção de outro espaço de aprender na já existente sala/laboratório de ciências e, na segunda seção, analisamos as percepções dos clubistas sobre a construção desse espaço, a partir de dados coletados em uma roda de conversa. A interpretação da prática realizada nos permite inferir que iniciar um projeto para construir algum espaço na escola, pode resultar no impulso para que outros sejam (re)vitalizados, (re)pensados em relação as suas potencialidades para se constituírem em lugares de  colaboração e criatividade para aprender. Da mesma forma, que sejam espaços onde são valorizadas a coletividade e o diálogo, em que as vivências se transformem em lições de vida para os estudantes, como referência para as famílias e comunidade, incorporadas nas práticas de ensinar e aprender ciências.


Texto completo:

PDF

Referências


BRASIL. Ministério da Educação. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros curriculares nacionais: introdução aos parâmetros curriculares nacionais. Brasília : MEC/SEF, 1997. 126p.

BUCH, Gisele M.; SCHROEDER, Edson. Clubes de ciências e alfabetização científica: concepções dos professores coordenadores da rede municipal de ensino de Blumenau (SC). Experiências em Ensino de Ciências, Cuiabá, v. 8, n. 01, p. 56-70, 2013.

KERN, Fiama C; ABREU, Raquel W; MELO, João E; TOMIO, Daniela. Produções coletivas de mídias em um clube de ciência. In: IV Simpósio Nacional de Ensino de Ciência e Tecnologia – SINECT, 2014, Ponta Grossa – PR. Anais do IV SINECT Ponta Grossa – PR, 2014. Disponível em: http://sinect.com.br/anais2014/anais2014/artigos/ensino-de-ciencias/01409604533.pdf. Acesso em: 06 maio 2016.

LONGHI, Adriana; SCHROEDER, Edson. Clube de Ciências e a Educação Científica: relato de experiência com estudantes do ensino médio usando a criatividade para resolver problemas na comunidade. In: SCHROEDER, Edson; SILVA, Vera L. de S. Novos Talentos: processos educativos em ecoformação. Blumenau : Legere, 2014.

MENEZES, Celso; SCHROEDER, Edson; SILVA, Vera L. de S. Clubes de Ciências como espaço de Alfabetização Científica e Ecoformação. Atos de Pesquisa em Educação, Blumenau, v. 7, n. 3, p. 811-833, 2012.

PIETROCOLA, Maurício. Curiosidade e imaginação: os caminhos do conhecimento nas ciências, nas artes e no ensino. Ensino de Ciências: unindo a pesquisa e a prática. São Paulo: Pioneira Thomson Learning, 2004.

RICC - REDE INTERNACIONAL DE CLUBES DE CIÊNCIAS. Mapear, produzir e compartilhar práticas inovadoras em contextos de Educação Científica da América Latina. Disponível em: Acesso em: 10 jun. 2016.

RINALDI, Carla. O espaço da infância. In: ______. Diálogos com Reggio Emília: escutar, investigar e aprender. São Paulo: Paz e Terrra, 2012. p. 145-164.

TEIXEIRA, Madalena T.; REIS, Maria F. A organização do espaço em sala de aula e as suas implicações na aprendizagem cooperativa. Revista Meta: Avaliação, v. 4, n. 11, p. 162-187, 2012.

TOMIO, Daniela; HERNANN, Andiara. Clubes de Ciências: Mapear, produzir e compartilhar práticas inovadoras em contextos de Educação Científica. Relatório de Pesquisa de Iniciação Científica CNPq. Blumenau, FURB, 2015.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.