As Ferramentas da Educação Permanente para equipe de Enfermagem na Atenção Primária em Saúde

Solange Cervinho Bicalho Godoy, Eliane Marina Palhares Guimarães, Driely Suzy Soares Santos

Resumo


Apresentar uma revisão das publicações nacionais e internacionais sobre o uso
da ferramenta do Telenfermagem para equipe de enfermagem. Métodos: Revisão
sistematizada da produção científica nacional e internacional. Pesquisou nas bases LILACS,
SCIELO, MEDLINE, BDENF, utilizando como descritor Telenfermagem, Educação a
Distancia, Tecnologia, Enfermagem e Avaliação, no período de 2004 a 2015. Resultados:
Foram localizadas 159 publicações das quais 68 atenderam aos critérios de seleção. Da
análise emergiram duas categorias: Aspectos conceituais em Telessaúde e As TICs na
Telenfermagem e cinco subcategorias: Telessaúde na atenção primária à saúde;
Experiências em Telessaúde nos níveis de atenção à saúde; A incorporação da
Telenfermagem nos serviços de saúde; As teleconsultorias como perspectiva de atuação
profissional e Ambientes virtuais como proposta para Educação Permanente dos
profissionais de enfermagem. Conclusão: As ferramentas do Telenfermagem são
significativas para a educação permanente dos profissionais e para o processo de melhoria
da atenção a saúde.


Texto completo:

PDF

Referências


Referências

Prado C, Silva IA, Soares AVN, Aragaki IMM, Shimoda GT, Zaniboni VF et al.

Teleamamentacao no Programa Nacional de Telessaúde no Brasil: a experiência da

Telenfermagem. Rev. esc. Enferm USP. 2013; 47(4): 990-996.

Guimarães EMP, Godoy SCB. Telenfermagem - Recurso para assistência e educação em

enfermagem [editorial]. Rev. Min. Enferm.;16(2): 157-58, abr./jun., 2012

Guimarães EMP, Godoy SCB, Assis DSS. Capacitação profissional: a opção pela

Telenfermagem. Revista Docência do Ensino Superior; 2013 v. 3, 62-9.

Guimarães EMP, Maia CC A, Godoy, SCB, Ribeiro, MAC. Telenfermagem: uma iniciativa

para a Educação Permanente em Enfermagem. In: Santos AF, Souza C, Alves HJ, Santos

SF, organizadores. Telessaúde: um instrumento de suporte assistencial e educação

permanente. Belo Horizonte: UFMG, 2006. p. 95-110.

Melo MCB, Silva SEM. Aspectos Conceituais em Telessaúde. In: Santos AF, Souza C,

Alves HJ, Santos SF, organizadores. Telessaúde: um instrumento de suporte assistencial e

educação permanente. Belo Horizonte : UFMG, 2006. p. 17-31.

Godoy SCB, Guimarães EMP, Assis DSS. Avaliação da capacitação dos enfermeiros em

unidades básicas de saúde por meio da Telenfermagem. Esc. Anna Nery. 2014 Mar; 18(1):

-155

Faria MGA, David HMSL, Aciolo S. Consultorias Online: uma nova perspectiva no trabalho

da Enferagem. Cogitare Enferm. 2013 Abr/Jun; 18(2): 274-9.

Campos FE, Haddad AE, Wen CL, Alkmin MBM. Telessaúde em apoio à atenção Primária

à Saúde no Brail. In: Santos AF, Souza C, Alves HJ, Santos SF, organizadores. Telessaúde:

um instrumento de suporte assistencial e educação permanente. Belo Horizonte : UFMG,

p. 59-74.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.