Modelagem Matemática e a Matemática Financeira: um mapeamento sistemático

Lorena Silva de Andrade Dias, Tatiana Comiotto, Regina Helena Munhoz

Resumo


As queixas a respeito da falta de conexão entre o conhecimento matemático, obtido em sala de aula, com o cotidiano é uma constante entre os alunos do Ensino Médio. “Onde eu vou usar isso na minha vida?” é um questionamento que professores de Matemática já ouviram, ou irão ouvir, muitas vezes ao longo de sua carreira. Nesse sentido, a Modelagem Matemática se apresenta como uma metodologia que viabiliza o aprimoramento dessa situação, pois procura traduzir determinadas situações do dia a dia para uma linguagem matemática – especialmente aquelas que também são objetos de estudo da Matemática Financeira. Dessa forma, o objetivo desse artigo consistiu na realização de um mapeamento sistemático a fim de analisar, a partir de artigos científicos, como vem sendo realizada a abordagem da Modelagem Matemática no ensino da Matemática Financeira, na sala de aula do Ensino Médio. Para a realização desse mapeamento, foram consultados periódicos da área de Educação Matemática, anais de eventos sobre Modelagem Matemática e, também, realizadas pesquisas nos mecanismos de busca acadêmicos Google Scholar e Scielo. Retornaram um total de 84 artigos dos quais, após aplicação dos critérios de inclusão e exclusão, foram extraídos quatro artigos científicos para análise. Os resultados apontaram que ações, dentro dessa temática, vêm sendo desenvolvidas a fim de tornar o ensino de Matemática mais significativo e conectado com demandas da realidade dos alunos.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.