Os finalistas do curso de Pedagogia no Brasil sentem-se preparados para usar as TIC em sala de aula?

Lilian Moreira, Nielce Meneguelo Lobo da Costa, Altina Ramos

Resumo


Este artigo refere-se a uma pesquisa de doutoramento inserida no segundo tema do Projeto The digital literacy and multimodal practices of young children (DigiLitEY), ação COST. O recorte da pesquisa discutido neste texto tem como objetivo responder à questão: “os futuros pedagogos sentem-se preparados para serem professores na era digital?”. O estudo é de natureza qualitativa, em que o investigador se aproxima do objeto de estudo, interage com ele e o analisa, usando as suas próprias experiências construídas através da interpretação, o que o levará a produzir um conhecimento parcial e contextualizado. A amostra é constituída por alunos do último ano do curso de Pedagogia de universidades públicas do Estado de São Paulo. Das onze universidades públicas que oferecem o curso de Pedagogia no referido Estado brasileiro, das quais três não responderam às diversas tentativas de contato. Apresentaremos 36 respostas dos licenciandos do último ano das oito universidades participantes. Concluímos que poucos estudantes se declaram preparados e mesmo entre os que se sentem preparados para usarem as tecnologias em sala de aula, percebemos inexistência de argumentação referendando tal facto, o que nos faz crer que ainda temos um logo caminho a percorrer em relação a formação desses futuros pedagogos para o uso das TIC para ensinar.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.