Gestão curricular no 3º ciclo: perspetivas dos subcoordenadores de grupo

Maria Isabel Guerreiro Catarino, Filipa Seabra

Resumo


Numa escola foi implementado um projeto de gestão e organização do currículo no 3º ciclo, com vista à melhoria dos resultados dos alunos. Na presente comunicação apresentam-se resultados preliminares e parciais de um trabalho de investigação integrado numa tese de doutoramento em Educação, na especialidade em Liderança Educacional, na Universidade Aberta, a partir de uma entrevista em focus group com subcoordenadores de grupo disciplinar. Consideramos que importa analisar os processos pelos quais as lideranças de topo e intermédias apoiam os professores no sentido de aplicarem uma gestão curricular diferenciada, considerando que “a liderança não se centra apenas no desempenho de papéis e de responsabilidades no quadro das estruturas e hierarquias da escola, mas engloba os diferentes modos como os professores fazem a diferença nos seus contextos profissionais através da influência e mobilização de outros” (Flores, 2014, p. 15). Os resultados apontam no sentido de «resistências» à adesão ao projeto, associadas a condições práticas, mas sobretudo a questões ligadas quer à liderança, quer ao reconhecimento do seu papel enquanto atores curriculares. Apontam-se, no entanto, impactos discretos ao nível das práticas de planificação e letivas dos professores envolvidos.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.