iLibras no uso das tecnologias colaborativas móveis e inclusão de sujeitos surdos: uma revisão da literatura

Simone Erbs da Costa, Fabíola Sucupira Ferreira Sell, Carla Diacui Medeiros Berkenbrock

Resumo


A Língua Brasileira de Sinais (Libras), língua da comunidade surda brasileira,
pode ser pensada como Comunicação Aumentativa e Alternativa (CAA) no Brasil. As
Tecnologias Assistivas (TA) potencializam a acessibilidade comunicacional, possibilitando criar conteúdos digitais com múltiplas linguagens e mídias a serem utilizadas como CAA. A comunicação entre sujeito surdo e falantes de Libras é mais uma das dificuldades enfrentadas pela pessoa com surdez.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.