GRUPO DE PESQUISA POLÍTICAS PÚBLICAS DE EDUCAÇÃO E EDUCAÇÃO ESPECIAL

Andressa Santos Rebelo

Resumo


Neste artigo objetiva-se apresentar as principais atividades, interesses e trabalhos desenvolvidos pelo Grupo de pesquisa Políticas públicas de Educação e Educação Especial. Utilizando-se os procedimentos de pesquisa documental e bibliográfica, consultamos trabalhos finais, publicações de seus membros e registros internos para a sua organização. Criado em 2008 na Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, o grupo tem caráter interinstitucional. Teve início através da interlocução de pesquisadores que desenvolvem suas investigações em quatro estados brasileiros: São Paulo, Mato Grosso do Sul, Santa Catarina e Paraná. Em 2010 seus projetos de pesquisa foram contemplados pelo Edital Universal do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e Edital Observatório – Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES). Atualmente desenvolve projeto de pesquisa que tem o objetivo de conhecer a relação entre as concepções de deficiência e de seu atendimento na Europa e América do Norte, a formação da perspectiva da política de atendimento educacional no Brasil para essa população. Outro projeto de pesquisa procura analisar os indicadores educacionais brasileiros a partir da Reforma Administrativa do Aparelho do Estado. Especificamente pretende-se discutir as modificações da política educacional brasileira, por meio de análise documental e revisão de literatura; e avaliar o movimento das matrículas, estabelecimentos educacionais e demais indicadores educacionais no Brasil, nas diferentes unidades da federação a partir da Reforma Administrativa do Aparelho do Estado em 1995, por meio dos levantamentos estatísticos empreendidos pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP) e dos microdados obtidos pelo Censo Escolar da Educação Básica. No eixo da extensão universitária desenvolve o projeto “Instrumentalização de confecção de blog com crianças na primeira fase do ensino fundamental”. O projeto aborda a escolarização de alunos com deficiência, tendo por finalidade contribuir para a aquisição da leitura e escrita por meio das tecnologias da informação e comunicação (TIC). A ação é desenvolvida no município de Corumbá (MS) em uma escola regular/comum que atende majoritariamente alunos que vivem na Bolívia e oferece atendimento educacional especializado a alunos com deficiência. Os alunos participantes alimentam uma página hospedada no portal da universidade (http://www.ppeees.ufms.br/blogcaic/). A esses projetos articulam-se trabalhos de iniciação científica e de conclusão de curso (graduação e mestrado). Ao longo de sua trajetória, o grupo vem contribuindo com a realização de diagnóstico, trabalho conjunto aos demais setores de políticas públicas e análise das ações as quais os dados empíricos indicam potencial para atingir maiores contingentes do público-alvo da educação especial.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.