OBSERVATÓRIO DE CULTURA ESCOLAR: ALGUMAS PRODUÇÕES DO/NO PROGRAMA DE PESQUISAS EM CURRÍCULO

Christiane Caetano Martins Fernandes, Fabiany de Cássia Tavares Silva, Wilcelene Pessoa dos Anjos Dourado Machado, Yolanda Letícia Toguia da Silva

Resumo


Este texto apresenta percursos de análises em produção no programa de pesquisas do/no Grupo de Estudos e Pesquisas Observatório de Cultura Escolar (OCE), que toma como objetos de estudos a escola, a cultura escolar e os documentos curriculares, estes últimos produzidos para os espaços da educação formal e não-formal, como uma possibilidade de análise do processo de seleção e distribuição de conhecimento dentro e fora das estruturas curriculares do ensino tradicional, respectivamente. Neste contexto, apresenta o modelo praxiológico, que encontra-se orientando as dissertações e teses, que cruzam, de um lado, os referentes teóricos de uma prática científica, pensada na dinâmica social, dialogando com noções/conceitos/categorias, que evidenciam uma sequência operacional de investigação, adotada na dupla função de limitar o campo investigado, ou o lugar em que se estudam a posição, os habitus e os capitais dos agentes sociais.

 


Texto completo:

PDF

Referências


Bourdieu, P. (2001). Meditações pascalianas. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil.

Carnoy, M. & Castro, C. M. (1999). Como andam as reformas educacionais na América Latina. Rio de Janeiro: FGV.

Durkheim, E. (2010). Educação e Sociologia. São Paulo: Hedra.

Haas, P. (1992). Introduction: epistemic communities and internacional policy coordination. International Organization, vol. 46, n. 1, p. 1-35.

Nóvoa, A. (1998). As organizações escolares em análise. Lisboa: Nova Enciclopédia.

Pereyra, M. A. (1990). La comparación, una empresa razonada de análisis. Disponível em: http://www.mecd.gob.es/dctm/revista-de-educacion/articulosre1990/re199003.pdf?documentId=0901e72b81369088

Popkewitz, T. (2012). O duplo significado de cosmopolitismo e os estudos comparados de educação. In: Cowen, R.; Kazamias A. M. e Ulterhalter, E. Educação comparada: panorama internacional e perspectivas. Brasília: UNESCO, CAPES, 2012. 2v.

Sobe, N. W. (2013). Entanglement and Transnationalism in the History of American Education. In: Thomas S. Popkewitz (org). Revisioning the History of Education Transnational Perspectives on its Questions, Methods, and Knowledge. New York, Palgrave Macmillan, pp. 93-108.

Tadeu da Silva, T. (1995). Apresentação. In: Goodson, I. F. Currículo: teoria e história. 5. ed. São Paulo: Vozes, p. 7-13.

Tavares-Silva, F. C. (2015). Programa de Pesquisas em Currículo: seleção e distribuição de conhecimentos em diferentes contextos. In: Morgado, J. C.; Mendes, G. L.; Moreira, A. F.; Pacheco, J. A. Currículo, Internacionalização e Cosmopolitismo: Desafios Contemporâneos em Contextos Luso-Afro-Brasileiros. De Facto Editores, Portugal.

Warde, M. J. (2013). Brazil and Turkey in the Early 20th Century. Intertwined and Parallel Stories of Educational History. In: Thomas S. Popkewitz (org). Revisioning the History of Education Transnational Perspectives on its Questions, Methods, and Knowledge. New York, Palgrave Macmillan, pp. 109-133.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.