ANÁLISE DO EQUILÍBRIO EM PACIENTES COM OSTEOARTRITE DE JOELHO APÓS EXERCÍCIOS FISIOTERAPÊUTICOS DE MARCHA OU DE EQUILÍBRIO

Bernardo Echeverria dos Santos, Felipe Alves Jachstet, Eloá Ferreira Yamada

Resumo


A osteoartrite (OA) é uma doença articular crônica e degenerativa, que leva a incapacidade funcional e reduz a qualidade de vida. O tratamento fisioterapêutico baseado em exercícios terapêuticos na OA busca diminuição da progressão da doença, redução da dor, melhora da mobilidade e melhora do equilíbrio. O objetivo desse estudo foi avaliar a eficácia do treino de marcha ou do treino de equilíbrio, no equilíbrio de pacientes com OA de joelho. Participaram do estudo 20 pacientes, que foram avaliados antes e depois do tratamento de Fisioterapia. Para a avaliação foram utilizados: o teste timed up and go, teste de Romberg com apoio unipodal e a escala de equilíbrio de Berg. Foram realizadas 14 sessões, a primeira e a última sessões foram de avaliação e reavaliação, da 2ª a 7ª sessões os pacientes realizaram exercícios aeróbicos, de alongamentos e de fortalecimento, e a partir da 8ª sessão serão acrescentados treino de marcha ou de equilíbrio. Os pacientes portadores de OA de joelho que participaram desse estudo apresentaram melhora após as sessões de Fisioterapia Os resultados indicaram que os protocolos de exercícios realizados foram eficazes na melhora do equilíbrio dos pacientes portadores de OA de joelho.

Texto completo:

PDF




Direitos autorais



Cidadania em Ação: Revista de Extensão e Cultura, Florianópolis, Brasil. ISSN 2594-6412 (eletrônico)