ECOMODA: RESPONSABILIDADE SOCIOAMBIENTAL APLICADA A MULHERES PRESIDIÁRIAS

Neide Kohler Schulte, Lucía Andrea Vinatea Barbarena

Resumo


Este artigo apresenta uma atividade desenvolvida pelo Programa de Extensão Ecomoda da UDESC com mulheres do Presídio Feminino de Florianópolis. Foi identificada a necessidade de capacitação e trabalho para mulheres presas visando prepara-las para voltarem a viver em sociedade sem reincidência. As mulheres geralmente são abandonadas pelos maridos ou namorados, têm baixa autoestima e poucas opções de trabalho depois que cumprem a pena. A proposta é oferecer capacitação em ecomoda e buscar empresas parceiras que proporcionem trabalho e renda durante o período em que estão presas e também após cumprimento da pena. São oferecidos cursos de pontos e bordados a mão, costura, desenho de moda, customização, restauração de roupas, empreendedorismo social, economia solidária e outros cursos e oficinas de acordo com as demandas identificadas no decorrer do trabalho junto as presas. A customização e restauração de roupas têm sido o foco do projeto das capacitações, pois se identificou também o problema gerado pelo excesso de roupas descartas pelos usuários. Com a restauração e customização de roupas é possível gerar trabalho

Texto completo:

PDF




Direitos autorais



Cidadania em Ação: Revista de Extensão e Cultura, Florianópolis, Brasil. ISSN 2594-6412 (eletrônico) Indexada REDIB http://www.redib.org/