A GEOGRAFIA COMO PROFISSÃO

Filipe Aderbal da Silva

Resumo


Com o desenvolvimento das técnicas de construção do conhecimento, os campos da ciência se tornam cada vez mais especializados e, por vezes, alienados em relação à totalidade que constitui o espaço. A Geografia, em tempos áureos, dava conta e suporte para o entendimento das relações entre os agentes da sociedade e da natureza. Porém, esta ciência foi fragmentada em diversos outros ramos do saber (como agronomia, oceanografia, meteorologia e diversas engenharias), subtraindo credibilidade de outrora em função da abrangência e, erroneamente, falta de especificidade. Com o intuito de revitalizar a importância da Geografia para a compreensão e construção do espaço e maximizar a potencialidade desta área do conhecimento, foi criado o projeto “A Geografia como Profissão”. A proposta surgiu a partir de uma pesquisa realizada pelo Grupo PET Geografia da UDESC em relação a alta evasão de alunos do curso de Geografia da instituição. Neste estudo constatou-se que o curso era escolhido, geralmente, como segunda opção daqueles que prestavam o vestibular. Por esta instituição não oferecer o curso que era a primeira opção dos vestibulandos, o candidato escolhia a Geografia por ser o campo do conhecimento mais próximo da sua área de interesse. O objetivo deste projeto é divulgar junto aos alunos de segundo e terceiro ano do ensino médio de escolas públicas e privadas, o conhecimento a respeito da profissão do geógrafo.

Texto completo:

PDF




Direitos autorais 2014 Cidadania em Ação: Revista de Extensão e Cultura

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Compartilhar igual 4.0 Internacional.