PIBID: UM CANAL DE EXTENSÃO UNIVERSITÁRIA PARA O ENSINO DE CIÊNCIAS

Edemar Benedetti Filho, Calebe Pereira Fernandes, Bruno Alvarenga Monzambani, João Batista dos Santos Júnior, Alexandre D. M. Cavagis

Resumo


No presente artigo, apresentam-se indicativos de como o PIBID (Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência / Capes) permitiu articular a formação inicial de professores de Física da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) com demandas formativas de alunos de 9º ano do Ensino Fundamental. A proposição de um projeto CTSA, em uma escola pública estadual de Sorocaba (SP), favoreceu que licenciandos aplicassem conhecimentos de natureza didático-pedagógica em ações que visavam à aprendizagem de conceitos de Ciências, especialmente de Física, por meio de oficinas experimentais planejadas e montadas na escola pelos próprios alunos. A análise revelou que a participação nessas atividades beneficiou todos os envolvidos, indicando que o investimento no PIBID, além de ajudar a suprir deficiências formativas, também pode contribuir sobremaneira no sentido de consolidar um canal de extensão universitária para a alfabetização científica e cumprimento de sua responsabilidade social para com a escola pública.

Texto completo:

PDF




Direitos autorais



Cidadania em Ação: Revista de Extensão e Cultura, Florianópolis, Brasil. ISSN 2594-6412 (eletrônico)