Extensão Universitária: política educacional que orienta políticas públicas locais

Nadirlene Pereira Gomes, Alfredo Balduíno Santos, Stavros Wrobel Abib, Vera Marques Santos, Zelindro Ismael Farias, Jordana Brock Carneiro

Resumo


A Universidade tem um compromisso com a formação de profissionais mais críticos, sensíveis com a realidade social e com visão humanista. Nesse sentido, a extensão universitária deve priorizar: a aproximação com a comunidade, levantamento de suas necessidades, elaboração de estratégias de resolução de problemas e prestação de serviços que gerem mudanças efetivas na realidade das mesmas. Pesquisa exploratória com abordagem qualitativa, com objetivo de analisar a extensão universitária enquanto política educacional que orienta políticas públicas locais. Os sujeitos foram 46 discentes da Universidade Estadual de Santa Catarina, instituição com experiência em ações extensionistas. Utilizou-se como técnica de coleta de dados o questionário. Os dados foram organizados com base na análise de conteúdo de Bardin. O estudo mostrou que a extensão universitária possibilita o processo de inserção, desvelamento e intervenção na realidade, constituindo-se enquanto ação educacional que orienta políticas públicas locais, que garantam a continuidade das intervenções sobre as demandas da sociedade.

Texto completo:

PDF




Direitos autorais



Cidadania em Ação: Revista de Extensão e Cultura, Florianópolis, Brasil. ISSN 2594-6412 (eletrônico)