O DESENVOLVIMENTO MOTOR DE MENORES ASSISTIDOS EM UMA ESCOLA INFANTIL DE URUGUAIANA: AVALIAÇÃO E INTERVENÇÃO COM CRIANÇAS DE 0 À 5 ANOS

Christian Caldeira Santos, Eloá Maria dos Santos Chiquetti, Tamiris Furtado Drehmer Pinheiro, Chayene Luiz dos Santos, Fernanda Alves Dornelles, Gislaine Biberg Santos, Janaína Teixeira Sentena, Laura da Rosa Quoos, Luana Brum Martins, Patrícia Senhorinho Angonesi, Sandra Maira Rodrigues de Oliveira, Suêini Zottis Nardin Gislaine Biberg Santos

Resumo


O acompanhamento do desenvolvimento infantil até os seis anos de vida é de fundamental importância. Profissionais da saúde, família e comunidade são responsáveis pela vigilância deste desenvolvimento. Na relação entre biologia da criança, ambiente e tarefa, a criança pode ficar suscetível a fatores adversos para a aquisição do desenvolvimento típico, visto a alteração do seu ritmo (velocidade) de progressão. Assim, o objetivo geral desta ação foi conhecer o perfil do desenvolvimento motor dos menores matriculados em uma Escola de Educação Infantil de Uruguaiana - RS e posteriormente avaliar o desenvolvimento motor e realizar atividades de potencialização da aprendizagem motora destas crianças. Para coleta de dados utilizou-se a Escala Motora Infantil de Alberta (crianças < de 18 meses), o Teste de Triagem de Desenvolvimento de Denver II (crianças entre 19 e 24 meses) e a Escala de Desenvolvimento Motor (crianças > 24 meses). Das 171 crianças avaliadas, 149 apresentaram normalidade para o desenvolvimento motor e 22 apresentaram situações de suspeita e atraso motor. As atividades de potencialização da aprendizagem motora foram realizadas em todas as crianças. Os resultados da Escala de Desenvolvimento Motor analisados pela correlação de Pearson demonstraram uma forte correlação positiva estatisticamente significante (r=0,8738 e p<0,0001) entre as idades cronológicas e as idades motoras gerais das crianças maiores de 24 meses. Portanto, o perfil do desenvolvimento motor das crianças desta escola infantil é satisfatório e apresenta tendência a normalidade motora.

Texto completo:

PDF




Direitos autorais



Cidadania em Ação: Revista de Extensão e Cultura, Florianópolis, Brasil. ISSN 2594-6412 (eletrônico)