ORIENTAÇÃO NUTRICIONAL, FARMACÊUTICA E DE BOAS PRÁTICAS

Ana Lúcia Leite Moraes, Tânia Mara Rodrigues Simões, Silvia Silveira clareto, Eveline Monteiro Cordeiro Azeredo, Fernanda B. de Araújo Paula, Luciene Alves Moreira Marques, Camilla Vieira, Camilla Mori, Tatiane Faria, Rafael Pizi, Bruna Zuffo, Ana Paula Luvezutti, Mariana Borges, Vívian Holsback, Ana Gabriella Silva, Marcela Oliveira, Marília Souza, Camila Goulart

Resumo


RESUMO
A prevalência da obesidade tem aumentado e, frequentemente, associa-se com o diabetes melito (DM) e
a hipertensão arterial (HA). Este trabalho teve como objetivos promover avaliação e orientação
nutricional e farmacêutica aos consumidores de três supermercados de Alfenas-MG, e avaliar as boas
práticas de fabricação de acordo com a RDC 275. Foi utilizado diálogo com 225 consumidores adultos,
para a caracterização do perfil clínico e alimentar e, posteriormente, foi promovida a orientação
nutricional e farmacêutica, e a distribuição de fôlderes. Foram aferidos o peso e a estatura, e calculado o
índice de massa corporal, encontrando-se uma prevalência de sobrepeso igual a 41%; obesidade, 22%;
baixo peso, 1%; eutrofia, 36%. Dentre os entrevistados, a HA (29%) e o DM (9%) foram as doenças
mais prevalentes. Posteriormente, foram atendidos, no ambulatório de nutrição e na farmácia escola da
Universidade Federal de Alfenas (UNIFAL-MG), oito voluntários que se enquadraram no grupo de risco
para doenças crônicas não transmissíveis (DCNT), os quais receberam orientação nutricional e
farmacêutica individualizada e realizaram exames bioquímicos. Com relação às Boas Práticas de
Fabricação dos supermercados, observou-se que nenhum dos setores analisados apresentou porcentagem
de itens atendidos acima de 70% e, em 100% dos casos, não foi verificada a presença de procedimentos
operacionais padronizados (POP’s). Concluiu-se que a população estudada apresentou-se com excesso
de peso corporal, terapia medicamentosa não controlada e que a HA e o DM foram as DCNT mais
prevalentes, sendo necessárias orientações nutricional e farmacêutica, e melhorias das boas práticas de
fabricação nos supermercados analisados.
Palavras chave: Doenças Crônicas Não Transmissíveis. Orientação Nutricional e Farmacêutica. Boas
Práticas de Manipulação.

Texto completo:

PDF




Direitos autorais



Cidadania em Ação: Revista de Extensão e Cultura, Florianópolis, Brasil. ISSN 2594-6412 (eletrônico)