AVALIAÇÃO DA ADESÃO AO TRATAMENTO PELO PACIENTE COM DIABETES

Bárbara Christian Silva, Cauê Araujo Braz, José Aires Rocha Rotondano, Marília Prado Silva, Nairan Morais Caldas

Resumo


A adesão ao tratamento do Diabetes Mellitus configura-se como um desafio para os profissionais
de saúde no controle dessa doença pandêmica que acomete mais de 5 milhões de brasileiros. A escolha desse
tema deve-se às experiências vividas pelos pesquisadores no cenário da pesquisa, aliadas as informações
obtidas pelo Sistema de Informação da Atenção Básica -SIAB. A presente pesquisa é qualitativa, tendo como
cenário a comunidade do Basílio no Município de Ilhéus, e como sujeitos, os usuários do SUS portadores de
DM atendidos pela ESF Basílio 1 e cadastrados no Sistema de Informação da Atenção Básica. A coleta de
dados ocorreu nos domicílios por meio de uma entrevista semi - estruturada que buscava elucidar a percepção
dos usuários sobre a adesão ao tratamento. Os fatores levantados que dificultam a adesão foi negligência do
paciente, falta de recursos financeiros e falta de medicamentos na Estratégia de Saúde da Família. Quanto aos
fatores que facilitam esta adesão pode-se observar: o auto cuidado do paciente e a disponibilidade de
profissionais de saúde na ESF. Levando em conta o desconhecimento da patologia pelos usuários, a alta
frequência de complicações crônicas, somada as dificuldades para adesão ao tratamento, podemos afirmar que
ainda são necessárias intervenções que aperfeiçoem a adesão ao tratamento pelo portador de DM na referida
comunidade.

Texto completo:

PDF




Direitos autorais 2013 Cidadania em Ação: Revista de Extensão e Cultura

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Compartilhar igual 4.0 Internacional.