CRIMINALIDADE ECONÔMICA: ANÁLISE DE FATORES ECONÔMICOS E SOCIAIS QUE INFLUENCIAM AS CATEGORIAS DE CRIMES NO

Jarsen Luis Castro Guimarães Guimarães

Resumo


Este texto utiliza modelo logit com variáveis agrupadas para analisar a relação entre a criminalidade e os indicadores econômicos e sociais dos reclusos da Penitenciaria Agrícola de Santarém, obtidos por meio de pesquisa de campo. Para verificar se existe uma regra ótima motivadora da criminalidade faz-se uso da metodologia proposta por Heckman. Com a aplicação do modelo econométrico observou-se uma maior relação entre crimes contra o patrimônio, descritos como crimes econômicos e as condições econômicas dos presos, observadas antes da ocorrência do delito. A aplicação de um modelo em dois estágios transcreve uma maior percepção da relação entre a categoria de crime estudada e as condicionantes econômicas da pesquisa.

Texto completo:

PDF




Direitos autorais



Cidadania em Ação: Revista de Extensão e Cultura, Florianópolis, Brasil. ISSN 2594-6412 (eletrônico) Indexada REDIB http://www.redib.org/