Políticas Editoriais

Foco e Escopo

A Revista Eletrônica de Extensão – “UDESC em Ação” foi idealizada no ano de 2006, pela Pró-Reitoria de Extensão, Cultura e Comunidade da Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC. O objetivo é divulgar a produção extensionista da Universidade e trabalhos de extensão de outras Instituições, propiciando a troca de experiências e saberes distintos, aberto a contribuições da comunidade científica nacional e internacional.
A partir de outubro de 2017 a Revista passa por uma reformulação, incluindo a mudança de nome, intitulada: "Cidadania em Ação: Revista de Extensão e Cultura".
O fluxo para submissão de artigos também passa a ser contínuo.

 

Políticas de Seção

Editorial

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

Comunicação

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

Artigos

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares

Resenhas

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

Relatos de Experiências

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares

Dossiês Temáticos

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Não verificado Avaliado pelos pares
 

Processo de Avaliação pelos Pares

Critérios de avaliação pelos pares









 

Periodicidade

A partir de 2018 "Cidadania em Ação: Revista de Extensão e Cultura", será semestral.
Com publicação jan./jun e jul./dez. de cada semestre.

 

Política de Acesso Livre

A Cidadania em Ação é um periódico de acesso on-line gratuito, e oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento ao público é um dever ético e moral, pois proporciona a democratização do conhecimento a sociedade. A Revista não cobra taxas dos autores para publicação (APCs).

Licença Creative Commons
Licenciado com Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

 

Arquivamento

Esta revista utiliza o sistema LOCKSS para criar um sistema de arquivo distribuído entre bibliotecas participantes e permite às bibliotecas criar arquivos permanentes da revista para preservação e restauração.