Entre cores e pessoas com visão subnormal

Robson Xavier da Costa, Viviane dos Santos Coutinho

Resumo


Nesta investigação analisamos o impacto das cores no cotidiano e na fruição de imagens artísticas em pessoas com visão subnormal. Desenvolvemos pesquisa qualitativa com o método do estudo de caso (YIN, 2005) no ano de 2016, no Instituto dos Cegos da Paraíba Adalgisa Cunha (ICPAC), na cidade de João Pessoa. A pesquisa foi feita com pessoas com visão subnormal a partir da observação in loco das dificuldades de identificação das cores que as crianças e jovens do ICPAC apresentam. Estudamos um grupo três estudantes com visão subnormal, com idade de 6, 8 e 16 anos. Utilizamos estímulos visuais variados, objetivando medir a distinção de cores/texturas e cores/aromas. Os resultados apontam que os participantes apresentaram dificuldades para enxergar as cores na maior ou menor incidência de iluminação direta; a luz intensa torna seus olhos sensíveis, causando irritabilidade e vermelhidão; um ambiente totalmente escuro faz com que percam completamente a noção das cores; o contato com maquetes táteis com reproduções de obras de arte permitiu a identificação de formas, distinção figura/fundo e algumas cores, a percepção das obras foi significativa. 


Palavras-chave


Artes Visuais; Estudo de Caso; Deficiência Visual.

Texto completo:

PDF

Referências


ARAÚJO, Leonardo Carneiro. A teoria das cores de Goethe. Disponível em: . 2013. Acesso em: 29 de novembro de 2016.

BAIERLE, Mariana. O que é baixa visão? Porto Alegre. Disponível em: . Acesso em: 2 de novembro de 2016.

BULGARELLI, Reinaldo. Inclusão e Diversidade. 2011. Disponível em: . Acesso em: 29 de novembro de 2016.

CARVALHO, Lucio. Inclusão, Sociedade e Outros Abusos Conceituais. 2009. Disponível em: Acesso em: 29 de novembro de 2016.

COMUNICA ESPECIAL. Baixa Visão e Cegueira. Disponível em: . Acesso em: 26 de novembro de 2016.

CONDE, Antonio J. M. Deficiência visual: a cegueira e a baixa visão. Disponível em: http://www.bengalalegal.com/cegueira-e-baixa-visao. Acesso em: 20 de maio de 2016.

DONDIS, Donis A. Sintaxe da Linguagem Visual. Trad. Jefherson Luis Camargo. 3ª. Ed. São Paulo: Martins Fontes, 2007.

FARINA, Modesto. PEREZ, Clotilde. BASTOS, Dorinho. Psicodinâmica das cores em comunicação. 5ª. Ed. São Paulo: 2006.

FREIRE, Sofia. Um olhar sobre a inclusão. Revista da Educação, Vol. XVI, nº 1, p. 5, 2008. Disponível em: . Acesso em: 30 de Novembro de 2016.

FUNDAÇÃO DORINA. Deficiência Visual. São Paulo. s/d. Disponível em: . Acesso em: 31 de outubro de 2016.

ICPAC. Conheça. Disponível em: . Acesso em 30 de Novembro de 2016.

LIMA, Francisco José de. SILVA, José Aparecido. Algumas considerações a respeito do sistema tátil de crianças cegas ou de visão subnormal. In: Revista Benjamin Constant. Rio de Janeiro: IBC, Número 17, Ano 6, 2000.

MAZZARO, José Luiz. Políticas Públicas Para inclusão educacional: o Professor e o aluno com baixa visão. In: Revista Ambiente & Educação. Porto Alegre: FURG, V.1 - n. 2, ago./dez. 2008.

RICHARDSON, Roberto Jarry. et. al. Pesquisa Social: métodos e técnicas. 3ª. Ed. São Paulo: Atlas, 2012.

SILVEIRA, Luciana Martha. A percepção cromática na imagem fotográfica em preto e branco: uma análise em nove “eventos de cor”. In: Actas do III Sopcom, VI Lusocom e III Congresso Ibérico das Ciências da Comunicação – Informação, Identidades e Cidadania. Covilhã - Portugal: Universidade da Beira Interior, 2005. Disponível em: http://www.bocc.ubi.pt/pag/silveira-luciana-martha-percepcao-cromatica-imagem-fotografica-preto-branco.pdf. Acesso em: 20 de dezembro de 2017.

TALEB, Alexandre; FARIA, Marco Antonio Rey de; ÁVILA, Marcos; MELLO, Paulo Augusto de Arruda. As Condições de Saúde Ocular no Brasil. 1ª. Ed. São Paulo: 2012

VENTORINI, Silvia Helena. A experiência como fator determinante na representação espacial da pessoa com deficiência visual. São Paulo: UNESP, 2009.

YIN, R. K. Estudo de caso: planejamento e métodos. 3ª. Ed. Porto Alegre: Bookman, 2005.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2018 Robson Xavier da Costa, Viviane dos Santos Coutinho

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Revista Educação, Artes e Inclusão - Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC - Centro de Artes - CEART -- Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais - PPGAV Fone: +55 (48) 3664-8314 -Laboratório Interdisciplinar de Formação de Educadores - LIFE - ISSN: 1984-3178 -- Endereço: Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC Centro de Artes Av. Madre Benvenuta, 2007 - Itacorubi - Florianópolis - SC - CEP: 88.035-001 -- Email: revistaeducacaoarteinclusao@gmail.com