Revisando os conceitos de celular e educação: a utilização do dispositivo móvel como recurso pedagógico no Paraná de acordo com a lei estadual nº. 18.118/2014-PR

André Crepaldi

Resumo


O presente artigo tem como tema, celular e educação e, como recorte, o uso do dispositivo móvel como recurso pedagógico no estado do Paraná. O objetivo desta pesquisa é discutir de que modo o celular pode ser utilizado como recurso pedagógico eficiente em sala de aula no estado do Paraná, de acordo com a lei estadual nº 18.118/2014-PR, considerando que, na maioria das vezes, é proibidoo uso nas escolas do estado. Para isso, adotou-se como estratégia metodológica o estudo de caso e pesquisa bibliográfica, realizada por meio de consultas em artigos científicos, dissertações de mestrado e tese de doutorado, com base no banco de dados da Capes. Conclui-se que utilizar o celular em sala de aula demanda mais força de vontade e interesse do professor, uma vez que, seu uso é permitido pela legislação do estado, desde que apropriado para fins pedagógicos. O celular pode ser um excelente instrumento pedagógico, capaz de potencializar o processo de ensino e aprendizagem.


Palavras-chave


Celular; Tecnologia; Professor; Educação.

Texto completo:

PDF

Referências


ALTOÉ, A., FUGIMOTO, S. M. A. Computador na educação e os desafios educacionais. IX Congresso Nacional de Educação – EDUCERE, III Encontro Sul Brasileiro de Psicopedagogia. 26 a 29 de Outubro de 2009.

BARBERO, Jesús Martín. Tecnicidade, Identidade, Alteridades: Mudanças e opacidades da comunicação no século. IN: MORAES, Dênis de. Sociedade midiatizada. Rio de Janeiro: Mauad, 2006. (p. 51-80).

BARBOSA, Maria Irene de Castro; BARCELLOS, Daniela Menezes Neiva; CARVALHO, Maria Cláudia da Veiga Soares de. ‘Pode ser por Whatsapp?’ Aspectos interacionais nas mensagens de aplicativos de celular no contexto da disciplina de educação nutricional. Anais... INTERCOM – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação 40° Congresso Brasileiro de Ciência da Comunicação. Curitiba-PR, 04 a 09 set. 2017.

COSTA, M. C. C. Educomunicador é preciso. Disponível em: http://www.usp.br/nce/wcp/arq/textos/7.pdf Acesso em: 25 fev. 2018.

COSTA, Suéller. A autoria em sala de aula: o incentivo à participação discente e docente por meio de projetos que envolvem a produção midiática para a educação. Anais... INTERCOM– Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da comunicação 40° Congresso Brasileiro de Ciência da Comunicação. Curitiba-PR, 04 a 09 set. 2017.

FERREIRA, Jeferson Luiz Miranda. Segurança em Redes sem Fio. 2013. Monografia (Especialização em Configuração e Gerenciamento de Servidores e Equipamentos de Redes). Universidade Tecnológica Federal do Paraná. Curitiba, 2013.

FREIRE, P. Extensão ou comunicação? Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1997.

LEÃO, Denise Maria Maciel. Paradigmas contemporâneos de educação: escola tradicional e escola construtivista. Cadernos de Pesquisa. nº 107, p. 187-206, julho/1999.

LOPES, Priscila Almeida; PIMENTA, Cintia Cerqueira Cunha. O uso do celular em sala de aula como ferramenta pedagógica: Benefícios e desafios. Revista Cadernos de Estudos e Pesquisa na Educação Básica, Recife, v. 3, n. 1, p. 52 - 66, 2017.

MAKLUF, Cibele Abreu. Análise de tecnologias 3G visando à estruturação do canal de retorno da TV digital. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas. Faculdade de Engenharia Elétrica e de Computação, 2011.

MIRANDA, Guilhermina Lobato. Limites e possibilidades das TIC na educação. SISIFO – Revista de Ciências da Educação. N.º 03, maio/ago. 2007.

MORAES, Dênis de. A tirania do fugaz mercantilização cultural e saturação midiática. IN: MORAES, Dênis de. Sociedade midiatizada. Rio de Janeiro: Mauad, 2006. (p. 33-50).

NAGAMINI, Eliana. O Uso do Aplicativo Whatsapp: Tempo de escrita/oralidade de alunos do ensino fundamental.Anais... INTERCOM - Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação 40° Congresso Brasileiro de Ciência da Comunicação. Curitiba-PR, 04 a 09 set. 2017.

NAGUMO, Estevon. O uso do aparelho celular dos estudantes na escola. Dissertação (mestrado) – Universidade de Brasília. Faculdade de Educação. Programa de Pós-Graduação em Educação, 2014.

NETO, Gabriel Lage. Tecnologias, comunicação e educação: a utilização da internet como extensão do relacionamento entre docentes e discentes em sala de aula. Anais... INTERCOM – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da comunicação XXXVI° Congresso Brasileiro de Ciência da Comunicação. Manaus-AM, 04 a 07 set. 2013.

OROZCO, Guillermo. Comunicação social e mudança tecnológica: Um cenário de múltiplos desordenamentos. IN: MORAES, Dênis de. Sociedade midiatizada. Rio de Janeiro: Mauad, 2006.

OSELAME, Mariana Corsetti; SANTOS, Leandro dos Santos; FELIPE, Matheus da Silva. Celular na sala de aula: desafios e possibilidades para o ensino do telejornalismo. Anais... INTERCOM – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da comunicação 40° Congresso Brasileiro de Ciência da Comunicação. Curitiba-PR, 04 a 09 set. 2017.

PACHECO, Mariã Aparecida Torres; PINTO, Leandro Rafael; PETROSKI, Fábio Roberto. O uso do celular como ferramenta pedagógica: uma experiência válida. EDUCERE, XII Congresso Nacional de Educação, PUC-PR, Curitiba, 2017.

PALAGI, AnaMaria Marques. Formação de Professores em tecnologias digitais em diálogo com as políticas públicas no estado do Paraná. 2016. Tese de Doutorado (Doutorado em Educação) – Centro de Ciências Humanas. Universidade do Vale do Rio dos Sinos - UNISINOS, São Leopoldo, 2016.

PARANÁ. Lei n° 18.118/2014, de 24 de junho de 2014. Dispõe sobre a proibição do uso de aparelhos/equipamentos eletrônicos em salas de aula para fins não pedagógicos no Estado do Paraná. Assembleia legislativa do Paraná. Curitiba, PR, 24 de jun. 2014. Disponível em: http://www.comunicacao.mppr.mp.br/modules/noticias/article.php?storyid=11862. Acesso em: 25 fev. 2018.

SANTOS, José Ozildo dos; SANTOS, Rosélia Maria de Souza dos. O uso do celular como ferramenta de aprendizagem. Pombal, 2014. REBES. V. 4, n. 4, out, dez. p. 1-6.

SILVA, Dilma Oliveira da. O uso do celular no processo educativo: Possibilidades na aprendizagem. Anais... EDUCERE. XII Congresso nacional de educação, PUCPR, 26 a 29 out. 2015.

SOUZA, Josenilda Martins de. O uso do celular: por que proibir é a melhor opção? Anais...6° simpósio hipertexto e tecnologia na educação. 2º colóquio internacional de educação com tecnologias. ISSN: 194-1175, 2017.

STAM, Robert. Bakhtin: da teoria literária à cultura de massa. São Paulo: Editora Ática S. A., 1992.

UNESCO PolicyGuidelines for Mobile Learning. Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO). Paris, France, 2013. Disponível em: Acesso em: 25 fev. 2018.

VIVIAN, Caroline Deprá; PAULY, Evaldo Luis. O uso do celular como recurso pedagógico na construção de um documentário intitulado: Fala Sério! Colabor@ - Revista Digital da CVA, ISSN 1519-8529. Volume 7, Número 27, núm. de p., fev. 2012.

ZUIN; Vânia Gomes; ZUIN, Antônio Álvaro Soares. O celular na escola e o fim pedagógico. Educ. Soc., Campinas, v. 39, nº. 143, p.419-435, abr.-jun., 2018.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2019 André Crepaldi

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - NãoComercial 4.0 Internacional.

Revista Educação, Artes e Inclusão - Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC - Centro de Artes - CEART -- Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais - PPGAV Fone: +55 (48) 3664-8314 -Laboratório Interdisciplinar de Formação de Educadores - LIFE - ISSN: 1984-3178 -- Endereço: Universidade do Estado de Santa Catarina - UDESC Centro de Artes Av. Madre Benvenuta, 2007 - Itacorubi - Florianópolis - SC - CEP: 88.035-001 -- Email: revistaeducacaoarteinclusao@gmail.com