GUSTAVE MONOD E AS CLASSES NOUVELLES: APROPRIAÇÕES E RENOVAÇÕES NO ENSINO SECUNDÁRIO FRANCÊS

Elisabete Maria de Araújo, Norberto Dallabrida, Gisela Eggert Steindel

Resumo


O artigo tem por objetivos apresentar a trajetória social de Gustave Monod, educador francês que no período do pós-guerra idealizou as classes nouvelles; compreender de que maneira Monod apropriou das experiências anteriores, principalmente do Plano Langevin-Wallon e como suas ideias influenciaram os educadores brasileiros no final da década de 1950.


Texto completo:

PDF