AS CONTRADIÇÕES DA HERANÇA: TRAJETÓRIA SOCIAL DE UM EGRESSO DO COLÉGIO CATARINENSE

Juliana Topanotti dos Santos Mello

Resumo


Este trabalho trata da trajetória social de um egresso do Colégio Catarinense que concluiu o ensino secundário na referida instituição em 1955. Oriundo de uma família pobre, residente na cidade Tubarão, Santa Catarina, este aluno realizou sua escolarização por meio de instituições públicas e bolsas de estudo. Concluiu a faculdade de Medicina e desenvolveu sua carreira profissional nessa área de atuação. O foco deste estudo é observar quais as características familiares possibilitaram e serviram de estímulos para o desenvolvimento desta trajetória social e quais os limites impostos pela condição de classe social. As sociologias de Pierre Bourdieu e de Bernard Lahire serviram como aparto teórico para a compreensão do trajeto percorrido por este ex-aluno do Colégio Catarinense.

 


Texto completo:

PDF