As Relações Étnico/Raciais no Curso Normal do Colégio Madre Teresa Michel de Criciúma/SC no olhar das alunas negras (1960-1973)

Camila Freitas Fidelix

Resumo


O presente artigo é resultado de um trabalho de pesquisa que buscou compreender como se davam as relações étnico/raciais no Curso Normal do Colégio Madre Teresa Michel de Criciúma/SC no olhar das alunas negras (1960-1973), bem como perceber se durante o percurso da carreira docente estas alunas vivenciaram situações de preconceito. A partir de um olhar critico, buscou-se leituras sobre memória, história oral e diversidade étnico/racial. Foram entrevistadas ex-alunas negras, por meio da metodologia da História Oral, identificadas a partir dos quadros de formaturas do Curso Normal do Colégio Madre Teresa Michel (1960-1973). As situações de preconceito no Curso Normal aparece de forma velada no depoimento das ex-alunas, no entanto a pouca presença das mulheres negras denuncia o preconceito de que elas já eram alvo. Ao contrário do que foi manifestado sobre a experiência no Curso Normal, o preconceito ficou muito evidenciado na atuação como professoras.


Texto completo:

PDF