Os retratos, a terra e o que há acima e abaixo dela

Monique Burigo Marin

Resumo


Através de retratos e autorretratos de períodos diversos, verifica-se por meio de recurso didático comparativo a permanência de temas como o tempo, os ciclos, os diferentes tipos de morte e vida e a relação com a natureza expressos em pintura e fotografias de artistas brasileiros e estrangeiros, como os já consagrados John Everett Millais e Francesca Woodman, mas também abordando a produção de artistas fotógrafas da região Sul do Brasil: Danny Bittencourt, Sarah Uriarte e Lilian Barbon, que se encontram em diferentes momentos de suas carreiras. Há um fio condutor entre as obras, que se relacionam, embora nunca tenham se encontrado antes. Acredita-se que existe forte ligação entre aquilo que se assemelha e, por este motivo, a escolha das imagens não se dá por acaso e julga-se necessário colocá-las em diálogo.


PALAVRAS-CHAVE: fotografia de autorretrato; retrato; autorretrato de mulheres.


Texto completo:

PDF

Referências


AGAMBEN, Giorgio. Ninfas. S.P.: Hedra, 2012.

ARTSTUDIO N°21: Le Portrait Contemporain. Paris: Artstudio, 1991.

BITTENCOURT, Danny. Fotografia Híbrida. Porto Alegre: Independente, 2018.

COLI, Jorge. O corpo da liberdade: reflexões sobre a pintura do século XIX. São Paulo: Cosac & Naify, 2010ª, p.14

COLI, Jorge. Reflexões sobre a ideia de semelhança, de artista e de autor nas artes - Exemplos do século XIX. 19&20, Rio de Janeiro, v. V, n. 3, jul. 2010. Disponível em: .

DIDI-HUBERMAN, Georges. A imagem queima. Curitiba: ed. Medusa, 2018.

DIDI-HUBERMAN, Georges. Ante el tiempo. Argentina: Adriana Hidalgo, 2006.

DIDI-HUBERMAN, Georges. Imagens apesar de tudo. Lisboa: KKYM, 2012.

FOWLE, Frances. Sir John Everett Millais, Bt The Vale of Rest 1858–9. 2000. Disponível em: . Acesso em: 25 jul. 2019.

MAKOWIECKY, Sandra; CHEREM, Rosângela. Pensatas sobre arte e tempo, imagem e arquivo. Florianópolis: Aaesc, 2016.

WARBURG, Aby. Histórias de Fantasma Para Gente Grande. São Paulo: Editora Schwarcz S.a., 2010.




DOI: https://doi.org/10.5965/24471267612020056

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista do Grupo de Estudos Estúdio de Pintura Apotheke do Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais da Universidade do Estado de Santa Catarina.

ISSN: 2447-1267

Revista Apotheke é B4 em Artes no Qualis CAPES

 

       

 

revistaapotheke@gmail.com

 

  

A Revista Palíndromo está disponível sob a Licença
Creative Commons - Atribuição Não Comercial 4.0 Internacional.