O desenho na formação do profissional professor

Márcia Moreno

Resumo


Partindo do pressuposto de que o desenho sempre trouxe apreensões no processo de ensino-aprendizagem, por estar associado à “técnica”, domínio e treino, objetivo, com este artigo, propor, por meio da descrição de um experienciar, uma alternativa criativa quanto ao ensino do desenho, de forma a contribuir na/para formação do professor. Nesse compartilhar de uma realização do curso de formação superior em Artes Visuais-licenciatura, o desenho entra tanto como entremeio de um processo, quanto em paralelo à pesquisa sobre anomalias de nascença ou adquiridas, contrapondo o conceito de belo estético que muitas vezes tem como característica essencial do percurso. Ainda, teço considerações teóricas sobre o espaço escolar, sobre o professor e seu protagonismo nas relações científicas e sociais na formação do sujeito, bem como sobre a contribuição significativa que essa linguagem pode para a percepção, reflexão e criatividade na relação aluno-realidade-arte.

Texto completo:

PDF

Referências


ALENCAR, Eunice M. L. S. Criatividade. Edit. Edunb, Brasília, 1993.

COX, Maureen. Desenho da Criança. São Paulo: Martins Fontes, 2001.

DEWEY, John. A escola e a sociedade e A criança e o Currículo. Lisboa: Relógio D'Água Editores, 2002.

------. Arte como Experiência. São Paulo: Martins Fontes, 2010.

DUVE, Thierry de. Fazendo escola (ou refazendo-a?). Chapecó: Argos, 2011.

GARDNER, Howard. Arte, mente e cérebro: uma abordagem cognitiva da criatividade. Porto Alegre: Artes Médicas, 1999.

IAVELBERG,Rosa. Desenho na Educação Infantil. São Paulo: Melhoramentos, 2013.

HSUAN–AN, Tai. Desenho e organização bi e tridimensional da forma. Goiânia: UCG, 1997.

JESUS, Joaquim A. Luz. (In)Visibilidades: um estudo sobre o devir do professor-artista no ensino em artes visuais. Tese de doutoramento em Educação Artística,Faculdade de Belas Artes, Porto/Portugal, 2013.

JIMENEZ, Marc. O que é estética. São Leopoldo, Unisinos, 1999.

MÃE, Valter H. Mãe. O Paraíso são os outros. 2 a ed. Rio de Janeiro: Biblioteca azul, 2018.

OSTROWER, Fayga. Criatividade e processos de criação. Petrópolis: Vozes, 2014.




DOI: https://doi.org/10.5965/24471267522019067

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista do Grupo de Estudos Estúdio de Pintura Apotheke do Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais da Universidade do Estado de Santa Catarina.

ISSN: 2447-1267

Revista Apotheke é B4 em Artes no Qualis CAPES

 

 

revistaapotheke@gmail.com